A vitória é dos pacientes e racionais – lições de tradings com criptos

Olá pessoal, estou de volta depois de um período de férias.

Nesse meio tempo apanhei bastante com o mercado das criptomoedas, mas aprendi lições valiosas, e uma delas, de que a paciência é uma virtude.

Saber calcular o timing certo de comprar, e mais ainda, o de vender, é imprescindível.

Ter uma moedinha de estimação não irá te ajudar em nada. Você tem de ser racional.

Você conseguirá lucros maiores com moedinhas que valem menos de USD 1, pois qualquer centavo que elas valorizam aumentam o seu patrimônio. Mas o risco é maior – qualquer centavo perdido e você desvaloriza bastante.

Bitcoin continua sendo a moeda franca das criptos, tal como o dólar e o euro é para as moedas fiduciárias. É um bom negócio negociar trades pensando em ganhar bitcoins, ao invés de pensar em dólar ou reais.

As moedas despencam do nada, e nessa hora, é só manter o sangue frio, que elas podem valorizar novamente em pouco tempo. Não tenha mão de alface.

A taxa de transferências dos Bitcoins são altíssimas, prefira usar Litecoins para isso.

Quando o valor do BTC sobe, cria uma tendência de alta para todas as altcoins, mas quando despenca, puxa todas para baixo junto. Alguma ou outra resiste a tendência.

As análises de gráfico de ações até servem para criptomoedas, mas as coisas acontecem muito mais rápido e o efeito manada é avassalador.

ETH (Ethereum) tem força, e é mais estável que BTC.

TRX (Tronix) oscila muito mas é muito boa para trading pensando em ganhar BTC.

XRP (Ripple) também é uma boa aposta, mas é centralizada e o pessoal não gosta muito disso.

As criptos no momento tem mais a ver com ações e ativos do que com moedas propriamente ditas. Talvez no futuro elas sejam usadas realmente para transações.

O Bitcoin em si tem vale mais como reserva de valor ou um ativo (como o ouro) do que como moeda, ao contrário de Litecoins (LTC), Ripples (XRP), Tronix (TRX), Ethereum (ETH) e algumas outras.

O Bitcoin pode acabar um dia, mas sua tecnologia certamente não acabará. Ela pode acabar dando seu lugar a outra moeda mais sofisticada, mas as criptomoedas chegaram para ficar.

Bom, por enquanto é só, mas eu vou escrever mais sobre o assunto …

Um abraço.

 

Anúncios

Altcoin Race

Decididamente decidi investir em Altcoins, após muita pesquisa e estudo a respeito.

Depois de uma experiência meio fajuta com um fundo de investimentos, onde confiei em profissionais que me indicaram um certo fundo aí, onde tive um pequeno prejuízo.

Como vocês sabem, investi R$ 500 em um fundo de investimento, atualmente tenho 497 reais lá, após cerca de 2 meses. Ridículo.

O mesmo valor que eu investi em bitcoins e litecoins já me deram lucro, aproveitei a correção de mercado recente e comprei o BitCoin por 39 500, o mesmo já está valendo, no momento desta escrita, 42 500.

Mas, nem pelos lucros que me atraem tanto, mas sim o fato das criptomoedas estarem fora do controle de governos e bancos, é uma reserva de valor, que não é afetada por políticas inflacionárias, ou mesmo de confisco por parte dos mesmos.

Um bom exemplo é a situação da Venezuela, onde ao trocar suas poupanças por Bitcoins, possibilitou a sobrevivência de muitas pessoas, em meio ao caos socialista.

E é claro, estou de olho nas eleições de 2018. Se o pior desastre possível acontecer, como a volta de Lula e o PT, vou colocar tudo que tenho em altcoins diversas, que me permitirão manter o seu valor ou mesmo prosperar, visto que provavelmente haverá um rush neste setor.

A verdade é que os banqueiros estão desesperados, com o surgimento de uma nova tecnologia, o blockchain, que simplesmente torna todo o setor bancário obsoleto. No momento em que escrevia esta postagem, surgiu a notícia de que o banco central europeu estava pensando em criar sua própria moeda digital.

Ao ver Governos, Bancos Centrais e outros grandes Bancos criticarem pesadamente as Altcoins, passei a automaticamente ter um apreço por elas. Se esta tecnologia fosse útil em nos explorar e saquear, certamente contaria com o apoio imediato destes, porém, como é algo com potencial que pode nos libertar deste esquema falso, está levando chumbo dessa corja.

Não entenda que as Altcoins são um mar de rosas, antes de comprar procure se informar melhor, e é claro, não compre nas máximas históricas! Aguarde uma correção antes de comprar. Se você comprou, então aguarde. Não se desespere se houver quedas abruptas – elas podem se recuperar antes mesmo de você piscar.

Estou utilizando o sistema do Mercado Bitcoin, estou achando muito confiável. Se houver novidades, eu avisarei.

Um abs,

 

As causas da violência

O Barbarismo é o estado natural da humanidade.
A civilização é antinatural. Um mero capricho circunstancial.
E o barbarismo há de conquistar o triunfo definitivo …
Robert E. Howard

Para quem não conhece, Robert E. Howard é autor de Conan o Bárbaro, e de inúmeros livros onde contam as batalhas sangrentas do bárbaro fictício em um mundo que não mais existe, mas tão real quanto possa parecer.

O tema do post de hoje é violência.

Enganam-se aqueles que pensam que a violência é algo anti-natural. Olhe na natureza, como os animais matam, estupram, roubam e se digladiam pela sobrevivência.

A violência é uma das normas da natureza, assim como também o são a cooperação entre indivíduos.

Grupos de primatas podem se manter unidos até um máximo de 100 indivíduos. Quando o grupo passa deste número, se divide em grupos menores. O pensamento “nós vs. eles” está impresso em nosso cérebro.

A diferença entre os humanos, é que os mesmos possuem uma capacidade de pensamento abstrato, o que permite que bandos maiores se formem em torno de uma ideologia ou religião, ou mesmo uma idéia como o nacionalismo.

Sem uma forte religião ou ideologia que una um povo, o mesmo acaba se matando entre si, tal como os Vikings, antes de Ragnar Lodbrok despertar o interesse dos mesmos para as riquezas da Europa continental ou das Ilhas Britânicas.

Há cerca de 2 mil anos, um Homem iluminado passou pela Terra, deixando uma mensagem de Paz e Amor que nutriu e gerou uma Civilização inteira: “Ame o próximo como a Ti mesmo”. Uma civilização forte e poderosa que está sendo atacada de dentro para fora.

Não vou falar dos defeitos e problemas da Civilização Ocidental, que são muitos também, mas apenas pense em quais países as pessoas possuem mais liberdade e direitos civis, verá que todos eles possuem uma herança cristã.

Em nosso Brasil de hoje, com a derrocada moral de nossa cultura, e removendo o direito à legítima defesa de nossos cidadãos, vemos a completa falência de nosso país rumo a barbárie animalesca.

Só há uma maneira de resolver este problema, é com os cidadãos de bem se armando e tomando o protagonismo do país.

Particularmente, acredito que estamos em uma fase da história que terá um capítulo à parte nos livros das escolas do futuro, crianças estudarão está época e terão pesadelos à noite, lá pelos anos de 2200 …

Um grande abraço.

A tragédia Brasileira

A América Portuguesa, ou o Brasil, se preferirem, só teve seus diversos povos unidos sob a mesma bandeira graças as maquinações de José Bonifácio, representante da Maçonaria, e da Princesa Leopoldina, da casa dos Habsburgos, porque o Dom Pedro mesmo, era herdeiro da coroa de Portugal.

Ele ia embora para Portugal, mas seu pai Dom João VI, o verdadeiro emancipador do Brasil como um País, ao criar aqui a infraestrutura de um reino quando de sua retirada estratégica de Portugal, pediu que ele ficasse, pois já haviam muitos rebeldes e revoltosos por aqui, devido as tentativas das cortes portuguesas, de re-Colonizar o Brasil, depois que o Rei João o elevou a condição de reino unido.

Se Dom Pedro tivesse partido, o Brasil provavelmente teria quebrado em vários países menores, como aconteceu com a América Espanhola.

Nossa Bandeira, é Verde e Amarela. O verde representa a casa monárquica dos Bourbon, e o Amarelo, dos Habsburgos, duas famílias nobres Européias.

Até aí tudo bem, o império era legítimo pois o Regente era filho do Rei de Portugal. A cagada mor ia começar algumas décadas depois, com a Proclamação da República. Aí acabou a chance deste país dar certo.

Reparem: Desde a proclamação da República, até o dia de hoje, pouquíssimos presidentes cumpriram todo o seu mandato. Foi golpe atrás de golpe, impeachment, ditaduras, guerras civis e sacanagens, uma atrás da outra.

No que eu entendo por Império, cabe ao Imperador manter uma visão de longo prazo, multi-geracional, não porquê o mesmo seja benevolente para com seu povo, mas, para prosperar e aumentar o seu próprio poder. A falta de visão de longo prazo, leva a dissolução e derrocada de qualquer império.

Dom Pedro II sabia disso. Homem de elevadíssima educação para os padrões da época, tinha conhecimento da história passada, dos grandes impérios da antiguidade.

Já uma República, para funcionar, depende de cidadãos cultos e ativos politicamente, independentes e fortes para funcionar. Rapidamente a República Brasileira degenerou em uma disputa de poder e dinheiro entre grupos opositores.

Continua …

As riquezas estelares

As vezes me pego imaginando quantos planetas potencialmente habitáveis existem na galáxia, muitos talvez um paraíso completo, fontes inesgotáveis de riqueza. Enquanto isso, a humanidade imersa em uma disputa mesquinha de recursos escassos.

Cidades inteiras poderiam ser construídas no sistema estelar mais próximo, Alpha Centauri, levando milhões de pessoas para viver e trabalhar neste novo mundo, tirando  o stress ecológico sobre a Terra e expandindo a economia humana a patamares, bem, digamos, astronômicos …

Se eu tivesse muito dinheiro, investiria tudo na descoberta de naves capazes de cobrir vastas distâncias no espaço interestelar, e depois montaria uma fábrica de peças. Criaria projetos de naves totalmente modulares, de modo que qualquer cidadão metido a Emmet Brown pudesse montar uma nave em sua garagem.

Esta empresa produziria kits, uma espécie de lego em escala real … Eu pensei em um chassi inicial, o qual se pudesse acoplar alguns módulos básicos. Estes seriam os produtos da StarBuilder:

  1. Módulo de comando
  2. Módulo habitável
  3. Compartimento de carga
  4. Módulo de energia
  5. Motores de Propulsão
  6. Pods de escape
  7. Jipes de exploração
  8. Armas laser
  9. Antenas de Comunicação

Além destes módulos, diversos equipamentos poderiam ser criados e comercializados:

  1. Robôs assistentes
  2. Trajes espaciais
  3. Computadores
  4. Equipamentos de Telecomunicação
  5. Materiais de construção civil para bases

Fora os diversos serviços que poderiam ser implementados. Eu tenho algumas idéias de novas empresas que poderiam surgir:

  1. SpaceEx: Serviço de transporte espacial
  2. VoidRescue: Serviço de resgate de desastres
  3. StellarLog: Serviço de logística e entregas

E inúmeras outras …

Imagine só o salto que seria para a humanidade … Se eu conseguir bolar algo que dê dinheiro vou montar uma fundação!

Crypto Moedas: A nova fronteira?

Eis que mais um feriado se passou, alguns gastos imprevistos aconteceram e dei uma queda no meu valor poupado. Mas isso não me desanimou não. No overall, mantive um bom crescimento. Joguei R$ 500 na Renda Fixa, através da Guide Investimentos, e planejo fazer um aporte mensal na renda fixa.

Estão vendo … saí do nada para ter alguma coisa rendendo. E agora, neste novo emprego, ganhando mais, poderei fazer um aporte mais estruturado. Enquanto isso, manterei minha poupancinha, fazendo a estratégia dos centavos.

Outra coisa interessante, finalmente estou minerando cryptomoedas, comecei pelo Ether (plataforma Etherium). Achei interessante começar por esta moeda pois acredito que ela está em um estado “pré-estouro”. Acredito que perdi a maior parte do Rally do Bitcoin, apesar de que muitos analistas ainda vêem espaço para muito crescimento. Definitivamente, as Altcoins chegaram para ficar.

O fato das Cryptomoedas serem completamente descentralizadas através da tecnologia Blockchain, torna as imunes à influência do Estado e de Bancos Centrais. AnCap total.

Ainda não sei como será daqui para frente, mas acredito que a tendência é de que os governos, aos poucos, irão ceder à esta tecnologia e de alguma forma regulamentar o papel delas na economia, bem como os bancos acabarão investindo nelas.

Existem hoje diversas empresas e fintechs atuando no setor, inclusive pode-se até sacar dólares ou pagar suas contas utilizando Bitcoins ou outras moedas digitais.

No meu caso, como não tenho dinheiro para investir em equipamentos de mineração, o qual para se obter um bom rendimento, precisa de um bom investimento, optei por adquirir uma cota de mineração em uma empresa especializada, a Genesis Mining. Muito prática e confiável, sai muito mais barato para quem não tem muito dinheiro, pois você utiliza uma cota de mineração de sua enorme pool de hardware.

Nesta brincadeira, consegui ETH 0.00070639, e espero conseguir mais ao longo dos dias. Eu adquiri a cota mínima de hashpower, portanto está muito lenta esta mineração, mas pretendo adquirir uma cota maior. É que eu precisava testar primeiro, e para ser sincero, ainda estou avaliando.

Se alguém aí quiser adquirir uma cota, use este código promocional:

EJsTfv

Você ganhará um desconto de 3% – e ainda me ajuda a ganhar alguns bônus de Hashpower.

Ao longo das semanas eu postarei mais sobre estas tecnologias, meus ganhos e dificuldades na área.

Um abraço!

Um país conservador

O Brasileiro é um povo sui generis e disso não tenho dúvidas. Chega a ser contraditório em muitos aspectos, mas não consegue negar sua herança Cristã e os demais valores que compõe a civilização ocidental.

Definitivamente, o Brasil faz parte desta civilização, ainda que carregado de influências Africanas e Indígenas, que tanto transformaram esta massa, tornando-a algo original entre as nações.

Enquanto viajava pela Rodovia Presidente Dutra, em São Paulo, sentido Aparecida do Norte, vi inúmeros romeiros em peregrinação ao Santuário da Virgem, e pude notar que homens, mulheres e crianças, velhos e velhas, muitos percorrendo centenas de quilômetros a pé, seguiam firmes e orgulhosos.

E me chamou muito a atenção, em um momento que a Dutra simplesmente parou ( o qual temi por um engarrafamento ou acidente ) devido ao fato de algumas dezenas de fiéis estarem rezando embaixo de uma árvore, no acostamento. As pessoas reduziam a velocidade dos carros por isso, talvez, orando em conjunto ou se benzendo, ou simplesmente admirando.

É um povo religioso desses que está sendo constantemente ultrajado, humilhado e ofendido em sua própria fé. Vejam, eu não sou católico, antes sou evangélico, porém, tomo as dores desta ofensa, pois também somos constantemente ofendidos.

E ainda, esta “elite” artística e “intelectual” continua vilipendiando os valores religiosos deste povo, e se surpreendem com a forte objeção que recebem.

O Brasileiro também é liberal no sentido econômico do termo, pois deseja sim trabalhar e enriquecer por conta própria, ainda que na sua imensa maioria desprovido de conhecimento, mas faz parte da nossa cultura o liberalismo econômico, algo de se esperar em um país continente que foi criado por intenções mercantilistas por sua metrópole original.

Meu palpite, depois que o Bolsonaro afirmou ser liberal em relação à economia ( agradando o mercado ) é que se não houver fraudes nessas urninhas eletrônicas de araque, ele vença no primeiro turno.

Posições Ephodion

Consegui poupar mais um pouco:

Poupança: R$ 765,27

Até breve!